terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Mais um ano, mais uma curiosidade

É verdade, a Barragem de Castelo do Bode já tem 67 anos. Foi no passado dia 21 de Janeiro, em 1951 que a barragem foi inaugurada.
Neste aniversário vamos publicar mais uma curiosidade sobre esta grande estrutura de suporte da rede electrica nacional. 

Quando o projeto da barragem foi realizado, a estimativa orçamental era de 250.000 contos. Alguns anos depois a estimativa orçamental passou para 450.000 contos. No final da obra e segundo os números publicados, o seu custo foi de 600.000 contos. O último valor atualizado aos dias de hoje equivale a cerca de 291 milhões de euros. Como termo de comparação, a barragem do Tua que acabou a construção à alguns meses, teve um custo estimado de 370 milhões de euros.


segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Seca em Castelo do Bode

O ano de 2017 tem sido atípico no que diz respeito a quantidade de precipitação no território nacional.  Na bacia de Castelo do Bode, durante este ano choveu em 49 dias, num total de 371mm. Em comparação com o ano de 2016 e apesar do ano de 2017 ainda não ter terminado, este ano tem menos 32 dias de chuva e 274mm. 


Menos 32 dias de chuva em 2017

A falta de precipitação tem-se sentido na quantidade de água armazenada em Castelo do Bode. Por esta altura o armazenamento na albufeira é de 70,7% com a cota da superfície de água a estar nos 110,99m. Estes valores apesar de serem reduzidos e abaixo das médias, não são totalmente estranhos na albufeira. Relembramos que em 2015, durante o mês de Dezembro, a cota da albufeira registou valores ligeiramente inferiores de armazenamento. 


Muito se fala da possibilidade do nível baixo de água afetar o abastecimento de água a Lisboa e a outras populações mas esse cenário ainda está longe de acontecer. A água na albufeira que se encontra acima do primeiro nível de tomada de água para a estação de tratamento da Asseiceira é superior a 160 milhões de metros cúbicos. Este valor é aproximadamente igual à quantidade de água tratada e abastecida por essa estação, aos concelhos de Lisboa, Vale do Tejo e Médio Tejo, durante 1 ano. É claro que se o cenário de escassez de precipitação continuar durante mais meses, a situação pode-se tornar preocupante mas para já ainda não existem razões para alarme. 

Água na albufeira acima do primeiro nível de tomada é suficiente para 1 ano de abastecimento aos concelhos fornecidos.

A albufeira ainda continua na sua gestão normal de produção de energia, tendo na última semana turbinado mais de 570 mil metros cúbicos de água para produção de energia.

domingo, 20 de agosto de 2017

Água a mais de 25ºC em Castelo do Bode

A temperatura da água em Castelo do Bode é superior a 25ºC. Os dias quentes que se têm feito sentir continuam a provocar o aquecimento da água, que apesar de não homogéneo, coloca vários locais da albufeira com temperaturas de água à superfície entre os 25ºC e os 26ºC.
A albufeira de Castelo do Bode continua a ser assim um local de eleição para o turismo e prática de actividades náuticas durante o Verão. Não só a temperatura da água é óptima como a qualidade da água própria para banhos.    

domingo, 29 de janeiro de 2017

2016 na Barragem de Castelo do Bode

O ano de 2016 foi marcado por mais descargas em Castelo do Bode. A barragem esteve com os seus descarregadores abertos duas vezes no ano de 2016, como é possivel de ver nos dois picos existentes no gráfico abaixo.

Tal como é normal, o caudal efluente à barragem é maior durante a primeia metade do ano, durante a epoca das chuvas, do que durante a segunda metade do ano.

A cota da albufeira chegou a estar próximo do nivel máximo de cheia, durante a segunda abertura dos descarregadores, algo que já não acontecia à varios anos em Castelo do Bode. O nível de armazenamento da albufeira manteve-se bastante elevado durante a época de Outono e Inverno.


66 Anos da Barragem de Castelo do Bode

A Barragem de Castelo do Bode comemorou o seu aniversário no passado dia 21 de Janeiro. 66 anos após a inauguração e quase 71 anos após o início das construções, a barragem de Castelo do Bode continua a ser um marco importante no turismo e desenvolvimento da região e do país.